Menor monstro mata ex-fuzileiro com um tiro na frente de filhos menores

Alexsandro foi morto tiro 
O ex-fuzileiro naval e motorista Alexsandro Dal’Orto Bento, 46 anos, foi morto com um tiro na noite de segunda-feira, 27, disparado pelo filho adotivo, um adolescente de 15 anos. O crime foi praticado na frente dos filhos biológicos da vítima e a arma utilizada para o crime foi uma garrucha.

O crime foi praticado por volta das 19h, quando Alexsandro estava ensinando um trabalho escolar para a filha. O criminoso chegou sorrateiramente com a arma na mão e efetuou um disparo nas costas da vítima, que morreu na hora. As crianças, uma de 10 e outra de sete, ficaram assustadas.

O adolescente, segundo Rosana Stabenow Dal’Orto, 43 anos, mulher do ex-fuzileiro, é criado pela família desde os seis anos, quando foi acolhido na casa pela mãe de Alexsandro, morta há cinco meses. Segundo Rosana, desde a morte da idosa, que o crimonoso começou a ter comportamento diferente.

Segundo ela o menor foi expulso da escola, cortou a garganta de um gato na maior covardia, queimou um colchão e tentou matar o irmão biológico e o padrasto, que moram na mesma região. A mãe biológica do criminoso chegou a ser alertada por Rosana, mas nenhuma providência foi tomada.

Ao ser apreendido, o menor delinquente foi levado para a Delegacia Regional de Cariacica, onde ficou à disposição da justiça. Rosana acredita que o menor cometeu o crime para ficar para tirar Alexsandro da lista de herdeiros e ficar sozinho com o terreno da mãe de criação.

 
O menor atirou contra o irmão adotivo pelas costas sem nenhum motivo aparente

Comentários

Enquete

Quem mente mais, o homem ou a mulher?
O homem
A mulher
Os dois mentem igual
Nenhum dos dois
Não sei dizer
Votar
resultado parcial...

Anúncios