Polícia acredita que Bruce Lee foi assassinado por agredir criança de 10 anos

Bruce Lee não teve chance de defesa
A agressão a uma criança de apenas 10 anos de idade pode ter sido o motivo do assassinato do auxiliar de serviços gerais Bruce Lee de Oliveira Coelho, 39 anos, ocorrido na manhã de segunda-feira, 18, dentro de sua casa no Bairro Graúnas, em Cariacica/ES. O crime foi praticado na frente da mãe da vítima.

Bruce Lee, que era de Barra de São Francisco, estava em seu quarto dormindo, quando dois indivíduos ainda não identificados arrombaram a porta da casa, se identificaram como policiais para a mãe de Bruce e em seguida foram até seu quarto e o esfaquearam várias vezes;

A mãe da vítima ainda tentou salvar sua vida, mas não conseguiu sucesso e ainda caiu ao ser empurrada pelos criminosos. Mesmo esfaqueado Bruce Lee ainda consegue fugir, mas foi perseguido e morto em frente a um bar nas proximidades de sua residência.

O que se sabe até o momento é que irritado com um grupo de crianças brincando na rua, Bruce Lee pegou a bola e atirou dentro de uma casa. Uma garota foi até a casa e conseguiu recuperar a bola, o que irritou ainda mais Bruce Lee, que acabou batendo na criança com uma vara.

Os investigadores da Divisão de Homicídios de Cariacica acreditam que essa tenha sido a motivação para o crime, mas trabalham com outras hipóteses. As buscas aos criminosos continuam e o delegado responsável pelo inquérito espera colocar as mãos nos assassinos ainda esta semana.


Comentários