Com o demônio no corpo. Rapaz mata a mãe com tesoura e tenta matar o padrasto

Local onde o bárbaro crime foi praticado

Depois de matar a mãe Nair Oliveira, 49 anos, a golpes e tesoura, Eduardo Henrique dos Santos Lima, 20 anos, tentou matar o padrasto Paulo, 62 anos, que se trancou no banheiro e gritou por socorro. Vizinhos entraram em contato com a polícia, que foi ao local e prendeu o assassino.

O crime aconteceu em uma casa na Rua Laguna, no Bairro Santiago, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba/PR. A polícia chegou a tempo de salvar Paulo. A porta do banheiro já estava quase toda destruída. Eduardo reagiu à prisão e foi imobilizado com a ajuda de uma arma de choque.

O corpo de Nair foi encontrado no quarto, sobre a cama. Eduardo estava transtornado e gargalhando como se nada tivesse acontecido. Segundo o tenente Dré, tinha muito sangue pelo chão e se demorasse dois minutos para chegar, ele teria cometido duplo homicídio.

Na 6ª Delegacia de Polícia de Piraquara, Eduardo contou que estava ouvindo vozes e que tudo que fez foi seguindo orientação de uma voz que o mandava praticar o crime. Ele, que já foi preso por uso de drogas, disse que tinha muito tempo que não fazia uso de entorpecentes.

Policiais notaram que o estado psíquico do rapaz não era normal no momento de sua prisão, mas não há nenhuma confirmação se ele estava sob efeitos de narcóticos ou se tinha distúrbios mentais. Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e por tentativa de homicídio.


Comentários