Droga maldita. Jovem surtada arranca os olhos em frente à igreja



Kaylee arancou os dois olhos depois de consumir drogas
Durante um surto psicótico provocado pelo uso excessivo de drogas, a jovem Kaylee Muthart, 20 anos, arrancou os próprios olhos em frente a uma igreja. Ela, que havia consumido metanfetamina, disse que estava ouvindo vozes dizendo que para ser salva teria que sacrificar a visão.

Os membros da igreja saíram do prédio ao ouvirem os gritos da jovem, que já estava com um olho na mão. Ela conseguiu arrancar o outro olho, apesar dos esforços das pessoas para tentar impedi-la. Policiais tiveram que utilizar uma equipe para mobilizar a jovem e leva-la para o hospital.

Os paroquianos contaram que ao sair da capela já encontram a jovem com o globo ocular na mão. Tentaram evitar que ela arrancasse o outro olho, mas a jovem reagiu de forma agressiva e não deixou que as pessoas a ajudassem, arrancando o outro olho antes da chegada dos paramédicos.

Katy Tompson, mãe de Kaylee que mora na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, com o pai e mais seis irmãos, disse à imprensa que o histórico da filha com as drogas teve início no ano passado, quando alguém lhe deu maconha juntamente com a substância que a fez ter alucinação.

Kaylee foi socorrida pelos paramédicos ao Hospital Greenville Memorial, onde permanece em tratamento. Os médicos disseram que ela não contraiu nenhuma infecção e que pretendem realizar em breve uma cirurgia para a implantação de próteses oculares.

Muito abalada com o acontecimento, Katy disse que depois do incidente sua filha está se recuperando e querendo transformar sua vida, inclusive ajudando outros jovens que sofrem com dependência química. “Ela insiste para que os médicos coloquem olhos verdes claros como eram os seus”, finaliza Katy.


Comentários