Bombeiro que beijava na boca cobras venenosas morre picado por uma delas

Abu Zarin Hussin tinha muita habilidade para lidar com cobras

Uma cobra selvagem matou o bombeiro e encantador de cobras, Abu Zarin Hussin, 33 anos. O acidente aconteceu na sexta-feira, 16, quando foi chamado para capturar o réptil, no Estado de Pahang, na Malásia. Ele se descuidou, foi picado pela cobra e morreu quatro dias depois do ataque.

Muito conhecido na Malásia por sua habilidade de lidar com serpentes venenosas, muitas das quais até beijava na boca, Hussin chegou a aparecer em programas televisivos, como o Asia’s Got Talent. Ele atendia emergências até fora do seu horário de trabalho como bombeiro.

Abu Zarin era considerado celebridade na Malásia por sua habilidade com as cobras
O corpo de Hussin foi enterrado na sua terra natal, que se localiza na Região Leste do Estado de Kelantan, no Norte do País. Khiruddin Drahman, diretor dos Bombeiros de Kuala Lumpur, disse que a serpente era extremamente venenosa e que uma única picada é capaz de matar um elefante.

Disse, ainda, que Hussin já tinha ficado em coma por duas vezes, vítima de ataque de cobras venenosas e que o médico havia o recomendado a não mais se arriscar. Contudo, o amor pela aventura e pela adrenalina estava no sangue do bombeiro, que era uma celebridade admirada em todo país.

Ao finalizar, Drahman destacou que bombeiros são chamados com frequência para capturar serpentes em áreas populosas da Malásia e Hussin, que era um renomado professor que ensinava oficiais mais novos a capturar cobras venenosas desde 2007, sempre estava presente nessas capturas.


Comentários

Enquete

Quem mente mais, o homem ou a mulher?
O homem
A mulher
Os dois mentem igual
Nenhum dos dois
Não sei dizer
Votar
resultado parcial...

Anúncios