Crueldade. Homem que matou a mulher e a sogra a facadas é preso em flagrante

Condomínio onde o crime ocorreu. No destaque Mariane e Terezinha

Foi preso na manhã desta quarta-feira, 25, o indivíduo que matou a facadas a ex-mulher Mariane Isbarrola, 30 anos, e a mãe dela, Terezinha de Fátima Pereira da Silva, 56 anos. O duplo homicídio ocorreu em um apartamento onde as vítimas viviam, na Zona Norte de Porto Alegre/RS.

O assassino, cujo nome não foi divulgado pela polícia para proteger as filhas de quatro e seis anos apesar de os nomes da mãe e da avó terem sido divulgados, fugiu após o crime em direção a São Leopoldo, mas foi localizado pela polícia e preso em flagrante, ocasião em que confessou o crime.

O crime foi presenciado pelas crianças, que foram deixadas pelo pai na casa de um vizinho depois da prática do duplo homicídio. Ele, que não tinha antecedentes criminais, em depoimento alegou ciúmes como motivação para a prática do crime. Já a sogra morreu porque tentou impedi-lo.

Delegada Clarrise disse que o homicída havia prometido matar a mulher no caso de separação
Segundo a delegada Clarisse Demartini, durante investigação apurou-se que o assassino tinha havia ameaçado a vítima quando ela tentou se separar dele. “Apesar de ela nunca ter feito registro contra ele, colhemos informações de que ele havia se referido ao crime, dizendo como faria”, contou a delegada.

O criminoso deverá responder por homicídio qualificado, por motivo fútil e impossibilidade de defesa das vítimas. Ele foi recolhido à Delegacia da Mulher, em Porto Alegre, de onde será encaminhado para o sistema prisional depois que o inquérito for concluído.


Comentários

Enquete

O que faz mais falta no país?
Saúde
Segurança
Educação
Não sabe
Tanto faz
Votar
resultado parcial...

Anúncios