In vino veritas. Padre é detido por embriaguez ao volante após encher a cara

A Ranger do padre bebum foi apreendida pela polícia

Mais bêbado que peru em véspera de Natal. Assim foi flagrado o padre Paulo Giovanni Rodrigues de Melo, pároco da cidade de Cabeceira Grande/MG, detido na noite de segunda-feira, 25, por embriaguez ao volante na via de ligação entre S1 e N1, na altura da Rodoviária do Plano Piloto/DF.

De acordo com os policiais, o padre bebum estava dirigindo uma camionete modelo Ford Ranger de forma perigosa, quando foi abordado e detido. Ele fez o teste do bafômetro, que apontou índice de 0,93mg/l de álcool, quase três vezes mais que o índice de 0,33 mg/l, que é considerado crime.

Na ocasião o religioso afirmou aos agentes que tinha ido a Brasília fazer exames, e que depois do jantar decidiu tomar um aperitivo, “mas que não foi grande coisa”. A fiança foi arbitrada pelas autoridades em R$ 3 mil, mas não há informações se a quantia foi o não paga para sua liberação.

Também não foi possível saber quais as providências que serão tomadas pela Diocese de Paracatu/MG, a qual o padre Paulo Giovanni está subordinado. O certo é que, pagando ou não a fiança, o padre responderá a processo por direção perigosa e embriaguez ao volante.



Comentários

Enquete

O que faz mais falta no país?
Saúde
Segurança
Educação
Não sabe
Tanto faz
Votar
resultado parcial...

Anúncios