Homem morre por infarto fulminante ao participar de corrida de 10 quilômetros

Normando Santos infartou durante a corrida

É preciso muito cuidado ao praticar esportes, principalmente corridas de longa distância quando não se é atleta, para evitar o que ocorreu com Normando Santos, 43 anos, que morreu depois de sofrer um infarto durante uma prova de pedestrianismo neste domingo, 22, em Guarujá/SP.

Ele chegou a ser socorrido por equipes do Corpo de Bombeiros depois que se sentiu mal durante a prova. Em seguida socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Emergência) o conduziram ao Hospital Santo Amaro, onde foi medicado, mas não resistiu e morreu.

Normando Santos participava juntamente com a mulher e a filha do Desafio do Dragão, que tem percurso de 10 quilômetros e, segundo José Roberto Galvão, secretário de Esportes de Guarujá, ele sentiu mal e desmaiou na altura do Km 09, em frente a um Posto dos Bombeiros.
Bombeiros agiram rápido com socorro

O prefeito de Guarujá lamentou o ocorrido e informou que está prestando o apoio necessário à família do atleta. Eduardo Silva, organizador da prova, também lamentou o ocorrido e afirmou que a organização e as equipes de emergência prestaram socorro necessário.

“Ele estava com um grupo de colegas de trabalho e já tinha participado de outras corridas. Infelizmente foi uma fatalidade”, disse Eduardo Silva. Por meio da Assessoria de Imprensa, o Hospital Santo Amaro informou que Normando Santos já tinha histórico de cardiopatia.



Comentários