Medo da solidão. Idosa mata filho e ataca nora para não ir para o asilo de velhos

Anna Mae mata o filho para não ir para o asilo

Indignada ao descobrir que seria enviada para um asilo, Anna Mae Blessing, 92 anos, matou o filho Thomas Blessing, 72 anos com dois tiros e ainda tentou atirar contra a nora de 57 anos, cujo nome não foi divulgado. O crime ocorreu no Condado de Maricopa, no Arizona, nos Estados Unidos.

A idosa só não conseguiu matar a nora, porque ela se atracou com a idosa e conseguiu desarmá-la. Anna foi presa pelo xerife do Condado e indiciada por assassinato de primeiro grau, agressão agravada com uso de arma de fogo e sequestro. Os policiais descreveram a ocorrência como bizarra.

De acordo com a polícia, Thomas levou a mãe para morar com ele e a namorada há seis meses. Em depoimento a criminosa disse que presenciou por vários dias as intenções do filho de leva-la para um lar de idosos e não gostou, razão pela qual atirou no filho e na nora.

Anna Mae, que tinha duas armas desde os anos 1970, confessou em seu depoimento que pretendia se matar depois de matar o filho e a nora. Ela está presa à disposição da justiça, que estipulou uma fiança de US$ 500 mil, equivalente a R$ 1,9 milhão.



Comentários

  1. Infelizmente não posso condena-la ,consigo imaginar a dor de uma mãe que se sente rejeitada dp de tanto fazer pelos filhos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Enquete

O que faz mais falta no país?
Saúde
Segurança
Educação
Não sabe
Tanto faz
Votar
resultado parcial...

Anúncios