Monstruosidade. Vizinho estupra e mata criança e esconde no fundo do quintal

A casa do estuprador foi invadida por populares revooltados

População revoltada invadiu a casa de Nei de Oliveira Brum, 35 anos, em Vespasiano/MG. Ele é acusado de ter estuprado e matado uma criança de cinco anos. Móveis foram retirados e queimados na rua e a polícia precisou enviar uma viatura para conter a ação no local.

O corpo da menina foi encontrado no quintal de uma casa no Bairro Nova Pampulha e há indícios de que ela tenha sido estuprada antes de ser assassinada pelo vizinho, que já foi preso em flagrante pela Polícia Militar e encaminhado à Delegacia de Polícia da cidade.

O crime ocorreu na madrugada de domingo. Segundo a polícia, a mãe da criança saiu para trabalhar e deixou a filha com uma cuidadora, que já olhava a garota há dois meses. Só que a avó da criança resolveu ficar por um tempo com ela e a levou para um bar próximo da casa.

Ao tentar fumar, a avó notou que não tinha fogo e pediu à menina para ir até em casa buscar um isqueiro. Ela foi e demorou a voltar. A polícia e o Corpo de Bombeiros foram acionados e durante as buscas, foram informados de que a garota tinha sido vista com um vizinho.

Na casa do indivíduo, a mulher dele informou que Nei chegou a casa com a roupa suja de fezes, tomou banho e saiu novamente. Os policiais vasculharam a residência e nos fundos do quintal encontraram o corpo da menor. Roupas da menina também foram encontradas na casa.

Imediatamente os policiais partiram no encalço do criminoso, que foi localizado horas depois, recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia, onde foi indiciado por estupro de vulnerável e homicídio. O delegado de plantão disse que há indícios suficientes para que a prisão seja ratificada.



Comentários