Policial mata homem que estava em seu banheiro ao voltar para pegar pendrive

Chegada do soldado Iltermir à DHPP

Um homem foi morto por um policial militar na madrugada desta segunda-feira, 23, ao ser flagrado dentro do banheiro em um apartamento de um condomínio residencial no Bairro Vale Encantado, em Vila Velha/ES. O policial foi ouvido na DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Trata-se do soldado Iltemir Araújo Machado, 52 anos, que decidiu se ausentar do trabalho para ir até em casa buscar um pendrive que havia esquecido, e ao entrar no apartamento onde reside com a mulher, ouviu Anderson Carvalho de Souza, 31 anos, tossindo no banheiro.

De acordo com depoimento da mulher de Iltemir na delegacia, ao ver que o soldado se dirigia ao banheiro, ela tentou contê-lo dizendo que depois conversariam, mas ele insistiu em verificar quem estava no banheiro e acabou dando de cara com Anderson tomando banho.

Ao ser ouvido, Iltemir disse que ao chegar avistou a esposa lavando o cabelo no tanque e ouviu um barulho no banheiro, quando a questionou se alguém mais estaria na casa, ocasião em que ela disse que explicaria. Ele não esperou, forçou a porta e encontrou Anderson tomando banho.

O policial disse, ainda, que ao flagrar Anderson, este lhe acertou um murro e os dois entraram em luta corporal. Foi quando ele atirou e o disparo atingiu o queixo de Anderson, que morreu na hora. Desesperada, a mulher acionou a polícia, que compareceu ao local e os conduziu à DHPP.

Segundo a polícia, Anderson era amante da mulher do policial, mas ele negou essa informação, dizendo que ele era apenas um amigo de muitos anos que estava com depressão e buscava por ajuda. O policial passará por audiência de custódia para definir se ficará ou não preso.



Comentários