Latrocínio. Filho mata a mãe grávida de três meses para roubar armas e dinheiro

Adriel foi capturado horas depois do crime

Após decisão proferida na audiência de custódia no fórum de Palmares/PE na manhã desta segunda-feira, 06, Adriel Werick da Silva, 19 anos, foi encaminhado ao presídio Dr. Rorinildo da Rocha Leão. Ele matou a própria mãe, que estava grávida, para roubar.

O crime ocorreu na tarde de sábado, no Distrito de Laje Grande, Município de Catende, quando Adriel matou a tiros a própria mãe, que estava grávida de três meses, para roubar dinheiro e armas de fogo da vítima. Ele foi preso horas depois ao sofrer uma tentativa de homicídio no Bairro China.

Índia estava grávida 
Ao ser acionada, a polícia foi até o local, onde encontrou Maria Lucivânia da Silva, 35 anos, conhecida como Índia, caída no chão de sua residência, com marcas de tiros no peito e na barriga disparados pelo filho. Adriel fugiu para o Bairro China, onde tentaram mata-lo em represália ao crime praticado.

De acordo com a polícia, Adriel estava morando com a mãe há três meses, desde que chegara de Jaboatão dos Guararapes e que matou a mãe para roubar a quantia de mil reais em dinheiro e duas armas (uma pistola e um revólver), que ela guardava na residência.

Muito conhecida em Laje Grande, Índia era dona de um bar na entrada do distrito. Seu corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Caruaru e depois liberado aos familiares para sepultamento. Adriel chegou a ser agredido por familiares, mas foi salvo pela polícia.


Comentários