Mulher morre no hospital depois de ter o corpo queimado pelo ex-namorado

A poltrona do veículo da vítima ficou assim

Morreu nesta quarta-feira, 22, Vera Lúcia Coutinho, 46 anos, que teve o corpo queimado pelo ex-namorado na tarde de domingo, 19. Ela estava em seu carro na porta de casa, na Rua Antônio Constantino, Jardim Guanabara, em Franca/SP, quando o criminoso a atacou.

Testemunhas contaram que José Velório Fonseca Mendes, 32 anos, que não aceitava o fim do relacionamento, jogou o líquido no corpo de Vera e ateou fogo, fugindo em seguida. Maria Aparecida Coutinho, mãe da vítima, também sofreu queimaduras ao tirar a filha do carro.

José fugiu e deixou a mochila com a garrafa de álcool que usou
Maria Aparecida disse que estava na calçada, quando José chegou com uma mochila, de onde retirou uma garrafa. Ao perguntar o que havia no frasco, ele disse que era água. Sem desconfiar, Vera Lúcia entrou no carro e colocou o cinto. Foi então que José jogou o líquido e ateou fogo.

Como o assassino ainda não foi localizado, já foi requerida à justiça sua prisão preventiva, que poderá ser decretada a qualquer momento. Enquanto isso, José Velório continua foragido e a polícia está no seu encalço e pede a quem souber de seu paradeiro que avise às autoridades.



Comentários