Polícia caça atirador misterioso que abriu fogo em convidados de festa de deputado

Deputado Alencar da Silveira

Parecia cena de filme de cinema o corre-corre durante o ataque de um desconhecido a pessoas que estavam na festa da família do deputado Alencar da Silveira (PDT), ocorrido na tarde de domingo, 26, em um prédio no Bairro Lourdes, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte/MG.

O criminoso utilizou uma arma de chumbinho e provocou o maior quiproquó entre os convidados. Quatro pessoas foram atingidas pelos disparos, entre elas dois sobrinhos e a esposa do deputado. A Polícia Civil já instaurou inquérito para descobrir quem é o atirador misterioso e prendê-lo.

Segundo ocorrência, os convidados foram atacados por disparos de arma de chumbinho, provavelmente realizados do alto de um prédio vizinho à área de lazer onde aconteceu a festa. Dos quatro feridos, dois foram atingidos de raspão e não precisaram de atendimento médico.

Um dos sobrinhos do deputado foi ferido no ombro e na mão, foi medicado e liberado. Já o outro sobrinho teve o intestino perfurado e se submeteu à cirurgia, mas segundo o deputado ele está se recuperando. Alencar disse, ainda, que estão todos muito abalados com o atentado.

O autor e a motivação para o crime ainda são desconhecidos da polícia, mas as buscas continuam. Já foram feitas buscas de imagens de câmeras de segurança dos prédios vizinhos, mas elas não mostraram nada que pudesse identificar o atirador e auxiliar nas investigações.



Comentários