Clientes de motel vivem momentos de terror durante invasão de bandidos armados

Motel invadido por bandidos na noite de terça-feira

Já imaginou você no momento máximo do amor, começando a virar os olhos com seu marido, amigo ou amante e do nada a porta do quarto do motel é arrombada a chutes por brutamontes com armas de grosso calibre gritando para todo mundo ficar quieto se não quiser levar chumbo?

Pois foi justamente o que aconteceu em um motel que fica localizado na Rodovia ES-010, na Serra/ES, onde vários criminosos fizeram um arrastão na noite de terça-feira, 23, e roubaram dinheiro do estabelecimento, além de celulares e pertences de funcionários e clientes.

Depois de renderem e baterem nos funcionários da recepção e roubarem o dinheiro do motel, os quatro indivíduos, que chegaram fortemente armados em um carro roubado, dirigiram-se aos quartos onde casais viram momentos de prazer e amor se transformar em pesadelo de terror.

Eles meteram os pés nas portas dos quartos e os casais, pegos de surpresa, ficaram sem saber o que fazer. Alguns chegaram a tentar conversar com os bandidos, mas o que obtiveram foram agressões por parte dos criminosos, que além das armas, usavam coletes à prova de balas.

A ação foi rápida e todos os clientes que estavam no motel ficaram sem seus celulares, joias e dinheiro, além de levar uns tabefes, principalmente algumas mulheres, que diante do flagra, ficaram nervosas e começaram a gritar por socorro. Foram momentos de terror, segundo um cliente.

“Nunca imaginei passar por isso na vida. Eu estava praticamente no ápice do momento, quando a porta foi arrombada e aquele indivíduo entrou armado. Pensei que seria morto. A primeira coisa que fiz foi cobrir minha companheira”, disse um cliente que pediu para não ser identificado.

A Polícia Militar foi acionada após a fuga dos criminosos e iniciou uma perseguição. Os policiais chegaram a trocar tiros com os bandidos sem que ninguém ficasse ferido. Em seguida os assaltantes abandonaram o veículo utilizado na prática do crime e fugiram, mas a busca continua.




Comentários