Discussão em bar termina com comerciante morto e um freguês ferido na perna

Celso (no destaque) f oi atingido mortalmente na cabeça

A polícia está no encalço do indivíduo ainda não identificado, que na noite de domingo, 21, matou com um tiro de espingarda 12 na cabeça, o comerciante Celso Marques, 43 anos. O crime aconteceu em um bar na Rua Sussumu Shimura, no Jardim Catuaí, em Apucarana/PR.

Além do comerciante, Sidnei Peixoto, 48 anos, que estava no bar, também foi baleado na perna. O disparo atingiu sua veia arterial e ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) ao Hospital da Previdência, onde está em estado grave.

Ninguém soube informar o motivo da desavença entre o comerciante e o indivíduo. Sabem apenas que houve uma discussão e o homem disparou contra Celso, que morreu na hora. Já Sidnei, segundo frequentadores do bar, foi atingido porque estava na linha de tiro.

O corpo de Celso foi removido por peritos do IML (Instituto Médico Legal) para a realização dos exames de praxe. Policiais militares realizaram buscas na região, mas não conseguiram localizar o assassino, que segue foragido. O caso será investigado pela Polícia Civil de Apucarana.


                                                     

Comentários