Mistério. Corpo de camareira é encontrado por amiga dentro de apartamento


Corpo de Simone foi encontrado por amiga em uma poça de sangue
A camareira Simone Rita Freitas Maia, 49 anos, foi encontrada morta pela amiga, dentro do apartamento onde morava em Castelândia, no Balneário Jacaraípe, na Serra/ES, na noite de quinta-feira, 04. Ela estava sumida desde quarta-feira, 03, segundo sua amiga.

Como Simone não dava notícias desde quarta-feira, a amiga dela (que pediu para não ser identificada) com quem falava todos os dias, decidiu ver o que havia acontecido e ao chegar ao apartamento dela, a encontrou morta em uma poça de sangue e acionou a polícia.

O Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), que confirmou a morte da camareira. À polícia, a amiga de Simone disse que ela tinha histórico depressivo e fazia uso de álcool. Em vista disso, deixava a janela aberta para que os vizinhos ajudassem de alguma forma.

Simone foi morta com várias facadas no pescoço, mas os vizinhos disseram à polícia que não ouviram nada de estranho e que a camareira, que trabalhava em um hospital da Serra, era uma pessoa tranquila, que não tinha problema com ninguém e sempre recebia visitas de amigos.

O fato foi comunicado ao filho da vítima, que fez o reconhecimento do corpo. Como Simone era mineira de Governador Valadares, provavelmente o velório será naquela cidade. A DHPM (Delegacia de Homicídio e Proteção à Mulher) investigará o crime e a sua motivação.





Comentários