Mulher revoltada taca fogo na prefeitura ao ser mal atendida pelos servidores

O incêndio assustou mas ninguém ficou ferido

Revoltada pelo péssimo atendimento recebido, uma mulher de 44 anos, cujo nome a polícia não divulgou, ateou fogo na Prefeitura Municipal de Alvinópolis, na Região Central de Minas Gerais. O fato ocorreu na tarde de quinta-feira, 25, e virou o principal assunto dos moradores da cidade.

Ao ser presa, a mulher incendiária disse aos policiais que foi à prefeitura pedir uma ajuda financeira, pois está passando por um sufoco danado e sem condições até de se alimentar, mas foi mal atendida pelos servidores, que chegaram a fazer chacotas sobre a sua pretensão.

Por causa disso, ela foi a uma loja perto do prédio, comprou álcool e fósforo e tacou fogo no saguão da prefeitura, danificando a pintura do local, dois sofás, uma caixa de distribuição de energia elétrica e quadros, além de provocar corre-corre nas cerca de 30 pessoas que estavam no local.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ao chegar ao local o incêndio já tinha sido debelado por populares. Ninguém ficou ferido e nem houve danos na estrutura do prédio. A criminosa, que faz tratamento psicológico, foi encaminhada à Delegacia de Polícia onde foi autuada.




Comentários