Pai e filho são mortos com requintes de crueldade e polícia suspeita de latrocínio

Delegacia de Polícia de Barra de São Francisco

Isaias Luiz Moulaz e seu filho Manoel Luiz Moulaz foram encontrados mortos na tarde desta quinta-feira, 18, dentro da casa em que residiam, no Alto Sapucaia, no interior do Distrito de Paulista, em Barra de São Francisco/ES. Os corpos dos dois já estavam em estado de decomposição.

As vítimas apresentavam sinais de violência. Segundo os policiais que estiveram no local acionados por uma pessoa que passou pelas proximidades e viu pela greta um corpo caído dentro casa, pai e filho foram amarrados e torturados. O crime assustou os moradores da região.

A polícia trabalha com a possibilidade de que pai e filho tenham sido vítimas de latrocínio (matar para roubar), mas não descarta outras hipóteses. Isaias e Manoel, segundo a vizinhança, moravam os dois na casa, eram pessoas tranquilas e aparentemente não tinham inimizades.

O crime está encoberto pelo mistério e ainda não há nenhuma pista de quem o tenha praticado. As investigações estão por conta da 14ª Delegacia de Barra de São Francisco, cujo delegado responsável em breve deverá apresentar à imprensa o autor ou autores do crime bárbaro.




Comentários