Policial aposentado mata mulher a tiros na frente da filha de seis anos e depois se mata


Débora foi morta por Jean Carlos que se matou em seguida
Oito tiros tiraram a vida de Débora Karen de Jesus na madrugada de terça-feira, 05, em Toledo, no Oeste do Paraná. Os tiros foram disparados pelo policial militar rodoviário aposentado Jean Carlos Ferreira da Costa, que depois do crime se matou. Tudo foi assistido por uma criança de seis anos, filha do policial.

Segundo informações da Polícia Civil, Jean Carlos tinha porte de arma, mas nunca tinha sido denunciado por violência doméstica. Policiais militares foram acionados por uma vizinha, que disse ter ouvido gritos de briga dentro da residência. Quando os policiais chegaram a mulher e o policial já estavam mortos.

A garotinha, que é filha apenas do policial, foi encontrada pelos policiais do lado de fora da casa em estado de choque, pedindo socorro. Ela foi acolhida e encaminhada para os cuidados da mãe. O caso foi encaminhado à Delegacia de Polícia local, que ouvirá familiares e vizinhos do casal para apurar o que motivou o crime.








Comentários