quarta-feira, 24 de abril de 2019

Gang das Calcinhas aterroriza donos de lojas de lingeries no interior do Estado

As lingeries são os alvos da Gang das Calcinhas

A Polícia Civil de São Roque/SP está às voltas com um caso no mínimo curioso. É que um grupo de mulheres tem praticado vários furtos e roubos de lingeries em lojas da cidade. A Gang das Calcinhas, como o grupo passou a ser conhecido, já praticou cerca de quatro furtos nas últimas semanas.

A referida gang age no comércio da cidade e em duas ocasiões a ação do grupo chegou a ser gravada por câmeras de monitoramento. Os policiais acredita, que cerca de 400 peças tenham sido furtadas, mas ainda não se sabe o destino das lingeries. Os lojistas estão inseguros com a situação.

A atuação mais recente da Gang das Calcinhas foi registrada na segunda-feira, 22, pelo dono de uma loja. Ele disse à polícia que o furto tinha ocorrido quatro dias antes, mas ele só tomou conhecimento depois de verificar o conteúdo das câmeras, para ver o acontecimento do final de semana.

Pelas imagens se nota três mulheres que se passam por clientes dentro da loja enchendo sacolas com calcinhas e sutiãs, enquanto outra distrai a funcionária mais próxima. O proprietário disse à polícia que só naquela ação foram levados cerca de 40 conjuntos, avaliados em R$ 2,5 mil.

Essa foi a segunda visita da Gang das Calcinhas à loja da vítima. Três semanas antes, segundo ele, já tinha recebido a visita da quadrilha. Com a divulgação das imagens, a gerência de outro estabelecimento constatou um furto semelhante em sua loja que lhe gerou enorme prejuízo.

Nesse caso a loja vitimada fica na praça central da cidade e as imagens mostram a ação de duas mulheres. Na saída outra se junta às duas ladras. O caso ainda não havia sido denunciado à polícia, que agora, utilizando as imagens, tentará identificar e prender as integrantes da Gang das Calcinhas.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial