domingo, 1 de setembro de 2019

Aluno revoltado mata professor com facada na barriga na saída da escola

Professor Bruno, morto covardemente por uma aluno

O estudante Anderson da Silva Leite Monteiro, 18 anos, que matou com uma facada na barriga o professor e coordenador de uma escola de Águas Lindas, em Goiás, Bruno Pires de Oliveira, 41 anos, foi preso pela polícia e durante depoimento disse que queria apenas assustar a vítima.

O inquérito está sendo presidido pelo delegado Cléber Martins. Ele disse que o aluno confessou a autoria do crime e alegou que sua intenção era apenas de assustar o professor, cortando sua barriga, mas a faca acabou o perfurando de forma fatal. Depois de ouvido, Anderson foi encaminhado ao xadrez.

Anderson disse que queria apenas assustar o professor
O crime aconteceu ao meio dia de sexta-feira, 30, quando Bruno Pires, que era professor de geografia e coordenador da Escola Estadual Machado de Assis, estava saindo do colégio. Ele foi abordado por Anderson, que surgiu repentinamente e desferiu uma facada em sua barriga.

De acordo com informações da direção da escola, Anderson ficou revoltado ao ser retirado do programa de reforço. Amigos e familiares do professor, que era muito querido, ficaram profundamente triste com o crime. Uma professora amiga de Bruno disse que está cansada da violência dentro da escola.

Moradores e pais de alunos fizeram manifestação
Outra professora relatou que o colégio é muito perigoso, pois está dominado por traficantes e usuários de drogas. “Eles tomaram conta do estabelecimento de ensino e quem se opõe corre o risco de ser morto”, disse ela. Pais de alunos e moradores da região fizeram um protesto em frente à escola.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *