terça-feira, 15 de outubro de 2019

Cansada de agressões mulher mata o marido a facadas e ainda arranca seu pênis

Crime aconteceu em Vila Pavão

Cansada de sofrer violência doméstica e não obter ajuda por parte das autoridades policiais, as quais recorreu por oito vezes, a lavradora Balbina Santos da Conceição, 48 anos, acabou matando o marido Aparecido Salustiano dos Santos, 49 anos, o Adelino, com vários golpes de faca pelo corpo, além de arrancar-lhe o órgão genital.

O crime aconteceu no domingo, 13, em Vila Pavão/ES. Balbina fugiu após o crime, mas na segunda-feira seguinte se apresentou no DPJ de São Mateus, onde confessou a prática do crime e disse que após matar o marido, tentou carona para fugir para Vitória, mas logo depois ligou para terceiros dizendo que havia matado o marido.

Em depoimento, Balbina informou que tinha enterrado o corpo de Adelino em uma cova rasa nos fundos da casa onde residiam, fato confirmado pela perícia técnica que esteve no local. De acordo com informações, o corpo de Adelino apresentava várias perfurações na garganta, e o pênis estava decepado e colocado dentro da bermuda.


Trata-se de mais um crime que poderia ter sido evitado, se as autoridades policiais realizassem o seu trabalho com seriedade. Ficou apurado que Balbina já havia registrado oito ocorrências contra Adelino por violência doméstica, mas ele nunca chegou a ser punido e Balbina continuava violentada, até decidir se livrar do marido, matando-o.

O corpo de Adelino foi encaminhado ao SML (Serviço Médico Legal) de Linhares, onde depois de periciado, foi liberado para sepultamento. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil e Balbina permanecerá presa, à disposição da justiça. Conhecidos de Balbina afirmaram que ela finalmente está livre da vida sofrida que tinha junto ao marido.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *