quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Ex-senadora condenada por corrupção e porte de armas foge da prisão numa moto

A ex-senadora Aída fugiu da prisão
Fugiu da prisão na terça-feira, 01, a ex-senadora colombiana Aída Merlano, utilizando uma moto do aplicativo de entregas Rappi. A fuga aconteceu em Bogotá, onde a ex-parlamentar estava presa desde 2018, por corrupção e porte ilegal de armas. Ela está sendo caçada pela polícia e poderá ser presa a qualquer momento. 

No momento da fuga, a ex-senadora estava em uma consulta odontológica no Norte de Bogotá e, segundo informações da polícia, ela utilizou uma corda para sair pela janela. Aída fugiu em uma moto da Rappi que se encontrava na saída do Centro Médico. A polícia acredita que ela teve ajuda dos funcionários da clínica. 


O excesso de despesas estabelecidas por lei para o financiamento de campanhas eleitorais foi o motivo de ela ter sido investigada. Aída Merlano foi condenada a 15 anos de prisão por corrupção e porte ilegal de armas. O Inpec (Instituto Nacional Penitenciário e Prisional) pediu a ajuda da polícia para capturar a fugitiva. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *