quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Renovação no Conselho Tutelar é prelúdio do que ocorrerá na Câmara Municipal

Aspecto das eleições do dia 06/10/2019 (Foto: Site Barra)

A eleição para conselheiros do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente de Barra de São Francisco, no Noroeste do Espírito Santo, foi uma prévia de como serão as eleições para vereadores em 2020. Dos cinco atuais conselheiros, apenas uma foi reeleita. A renovação foi quase absoluta.

Muitos conselheiros atuantes, como a Srª Luísa, que não tinha hora para desempenhar o seu papel em defesa da criança e do adolescente, não conseguiram se reeleger e nem mesmo ficar na suplência. Para seu lugar foram eleitas pessoas que sequer sabem a missão árdua que terão pela frente.

A única reeleita, assim mesmo com minguados 201 votos, quase na rabeira, que foi ocupada pelo Esperindeus Carvalho, o Esperinha, foi Jaquelaine Gomes. Pessoas da área afirmaram que a saída de Luísa, de vasta experiência, será sentida diante da inexperiência dos conselheiros eleitos dia 06 útlimo.


Alguns observadores políticos da cidade comentaram que a tendência é ocorrer a mesma coisa no ano que vem em relação às eleições para vereadores. Eles acreditam que poderá haver uma renovação nunca vista na Câmara Municipal, com a saída de cena de vereadores que já estão no poder há anos.

“Tem vereador se perpetuando no poder, agindo como se fosse o dono do legislativo, inclusive fazendo uso particular de bens públicos para beneficiar seus familiares. Acredito que os eleitores saberão dar o troco nas próximas eleições, tirando da vida política esses políticos viciados”, disse um observador.

A posse dos conselheiros eleitos e suplentes está prevista para o dia 10 de janeiro de 2020, para um mandato de quatro anos, período no qual serão responsáveis por escutar, orientar, aconselhar, encaminhar e acompanhar os casos em que estejam envolvidos crianças e adolescentes francisquenses.

Cabe ainda ao conselheiro tutelar atender queixas, reclamações, reivindicações e solicitações feitas por crianças, adolescentes, famílias, comunidades e cidadãos, além de acompanhar adolescentes apreendidos nas delegacias, a qualquer hora do dia ou da noite, conforme solicitação do delegado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *